Seguidores

segunda-feira, 23 de março de 2009

Renovar, restaurar, reciclar? Qual a palavra correta?

Antes

Fiquei pensando, o nome correto para dar a este trabalho. Restaurar? Reciclar? Renovar?

Esta peça quando feita parece que não tinha pretensão de ser nada além do que é. Ficou neste estado, unicamente pelo uso. Mas adorei quando a vi, e sabia que o destino dela , do jeito que está, era continuar num canto qualquer ou ir para o lixo. Achei que poderia dar um jeito nela. "Cirurgia plástica", talvez definisse melhor o que fazer com ela, reaproveitando pontos positivos e corrigindo os negativos. Podem observar, que tem muitas manchas, pregos salientes, buracos, madeira não lixada, etc...etc...

Quando a trouxe para casa não sabia exatamente no que ia dar, apenas que usaria para colocar vasos de flores. Pelo menos, uma boa idéia.

Inicialmente precisa de uma boa lixada, cuidar dos buracos, esconder defeitos, e isto significa muito trabalho pela frente.


Depois de uma boa lixada, coloquei massa acrilica para madeira, na cor branca, em todos os buracos, dei uma ajeitada nos pregos, mas queria ainda que tivesse um aspecto rústico.

Depois

Usei tinta acrílica branca como base, e a a partir daí as idéias foram surgindo, aos poucos, sempre pensando em esconder alguns defeitos, principalmente algumas manchas , que pude resolver com a técnica de decoupage, uma vez que mesmo lixada e pintada elas não sumiram.


Tinha dúvidas como fazer a parte frontal, e lembrei que tinha alguns recortes de madeira, que usei a muito tempo atrás, na confecção de caixinhas e que sobraram, e aí esta elas, colocadas estrategicamente para corrigir defeitos. Usei seu formato, para marcar as decoupages do tampo, de modo a ter o mesmo tamanho, e só depois defini que motivo.


O circulo em madeira, aqui, foi apenas com o objetivo de acabamento.

Nas laterais, os círculos foram usados intencionalmente, para esconder defeitos.

Fiz máscaras com fita crepe, e pintei em duas tonalidades, preparadas, para casar com as decoupages...no caso, rosa clarinho e lilás.

Pronta! Coloquei alguns vasos, renovados(postagem de renovação de vasos), onde plantei éricas, delicada com suas florzinhas roxas. Não coloquei pratinhos, mas protetores de borracha.

Outro arranjo, intercalando com vasos de azaléia.



Penso que esta peça tem mil possibilidades...quem sabe, acomodar revistas,
ser um mesinha charmosa numa varanda ou mesmo, num quarto, acomodar uma televisão, ou num cantinho zen, com muitas almofadas combinando. Eu gostei muito do resultado!

Linking to:

9 comentários:

Cor de Mel disse...

Olá Cidinha,
Fico sempre deslumbrada quando aqui venho e este trabalho, confesso, deixou-me completamente boquiaberta. MARAVILHOSO!!!!
Beijinhos e boa semana,
Lia.

Luciene disse...

Olá Cidinha...belo trabalho!!!
Reciclar, tenho certeza que não é a palavra correta, porque reciclamos quando desmanchamaos e fazemos de novo o mesmo ou outro objeto utilizando a matéria prima, é o caso do papel artesanal,(mas é muito comum utilizarmos essa definição em toda situação que reaproveitamos algo) já entre renovar e restaurar fico em dúvida, usaria tanto uma como a outra...enfim...o importante mesmo aqui...é o resultado maravilhoso!
A peça era só uma estrutura pronta, e vc deu cor, vida, aspécto personalizado. ViVa!!!
Uma ótima semana!!!
Beijocas

Véu de Maya disse...

Cidinha,

me toca, sempre que te visito, a beleza dos teus arranjos...um jardim de emoções intenso e sempre disponível...bem hajas, minha querida amiga.

beijinho,

véu de maya

Meus Netos...Minha Fortuna!!! disse...

Querida Cidinha

As tuas reciclagens são um autêntico deslumbre!

Ficou um "trabalhão" espectacular!
Parabens e um grande beijinho com carinho
Vóvó Cassilda

Carla Fabiane disse...

BELO BELÍSSIMO!
BEIJOS BOA SEMANA...


O IMPOSSÍVEL CARINHO

Escuta, eu não quero contar-te o meu desejo
Quero apenas contar-te a minha ternura
Ah sem em troca de tanta felicidade que me dás
Eu te pudesse repor
- Eu soubesse repor -
No coração despedaçado
As mais puras alegrias de tua infância!

( Manuel Bandeira )

Valéria disse...

Oi Cidinha,
Estou passada, boqueaberta, literalmente.
Que coisa mais linda esse móvel ficou.
Aí eu vou olhando o resto do blog e... Pelo amor de Deus, que criatividade, que talento.
PARABÉNS!
Muito obrigada pelas dicas, dá para aproveitar um montão delas. Estou louca prá renovar o jardim, tá um relacho, e você me deixou empolgadíssima.
Beijos
Valéria

Eduardo Miguel disse...

Cidinha com relação a seu comentário eu diria que como água na fonte é bom de vez em quando ir até a fonte de nossos sonhos vividos que ao longe perdem noção de real e ainda assim de vez em quando mesmo com a distancia nos parecem tão reais como vive-los novamente... berber desta água na fonte é tão vital como a própria vida! já com seu trabalho neste post se aceitar sugestão eu diria que nele há um de tudo um pouco restauração pois você assim o fez e ao faze-lo reciclou o objeto em questão e ao faze-lo deixou renavada a peça que criou alma nova com esta repaginada cheio de sutilezas e m detalhes, muito bonito, parabéns.

Maria disse...

Eu adoro reciclar, hoje mesmo pensei numa proposta de utilizarmos copos ou canecas de louça no lugar de copos descartáveis.
Pensei nesta proposta para economizar copos e a natureza.
Mas, sei que seria difícil, pois muitos não vão querer lavar o seu copo.
Mas, não irei desistir da proposta e segue aqui os meus parabéns a vc por tão belo trabalho.
lindo mesmo.

Anônimo disse...

Cidinha,

Parabéns!!! Belíssimo trabalho!

Posso divulgar o mesmo texto em meu blog? Por favor, consulte o endereço http://www.ginadesign.com.br/Blog_Gina e veja se lhe interessa.

Abraços,
Gina
abc@ginadesign.com.br