Seguidores

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Privilégio do mar


Privilégio do mar

Carlos Drummond de Andrade


Neste terraço mediocramente confortável,
bebemos cerveja e olhamos o mar.
Sabemos que nada nos acontecerá.

O edifício é sólido e o mundo também.

Sabemos que cada edifício abriga mil corpos
labutando em mil compartimentos iguais.
Às vezes, alguns se inserem fatigados no elevador
e vem cá em cima respirar a brisa do oceano,
o que é privilégio dos edifícios.

O mundo é mesmo de cimento armado.

Certamente, se houvesse um cruzador louco,
fundeado na baia em frente da cidade,
a vida seria incerta...improvável...

Mas nas águas tranquilas só há marinheiros fiéis.
Como a esquadra é cordial!
Podemos beber honradamente a nossa cerveja.



E falando em mar....

uma lata pintada com motivos marinhos...


Apresento a frente da lata.....


A tampa...


detalhes....farol...


ajuda...se precisar...embora esta viagem seja muito segura....

um outro farol ....

aliás ,acho os faróis cheio de significados....

isolados a avistar soberanamente o mar...

protetor...

nas laterais...casinhas...

outra lateral

barquinho mansamente nas águas.... vai...

opa...achamos uma estrela do mar.....

outro barquinho...este parece mais veloz...Ou é impressão?

Um comentário:

FERNANDA & ASTROLOGIA disse...

QUERIDA CIDINHA, BELÍSSIMA POSTAGEM... AS PINTURAS ESTÃO MARAVILHOSAS AMIGA!!!
UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA